Receba nossa newsletter

 Instagram feed

“Terreno especial”, diz diretor de construtora que adquiriu área do Banrisul no RS



Gaucha ZH


Já faz um bom tempo que caminhar pela Avenida Beira-Mar de Rainha do Mar, em Xangri-lá, nas proximidades da Avenida Coral, é deparar com parte da história da praia abandonada. A imponente estrutura a alguns metros das dunas, que já foi colônia de férias do Banrisul, hoje é um esqueletão. A área de quase 11 mil metros quadrados está abandonada desde 2018, mas o terreno deve ganhar um novo empreendimento nos próximos anos.

A área que ocupa três quarteirões foi adquirida por uma construtora, que pretende investir e tornar o local atrativo novamente. A D1 Empreendimentos, de Capão da Canoa, comprou o terreno por R$ 4,28 milhões. Ainda não está definido o que vai ser construído no local, mas o certo é que, pelo menos, parte da área será comercial.


Duani Minosso Teixeira, diretor da D1 Empreendimentos, diz que ainda é preciso estudar a região para saber o que construir. Um estudo está sendo encaminhado para saber se a estrutura hoje existente pode ser reformada ou se precisará ser colocada abaixo para dar lugar a uma nova.


Sobre as condições atuais dos prédios, afirma que não apesentam risco de queda, conforme laudo feito por profissional habilitado. Quando GZH esteve no local, trabalhadores da construtora faziam a retirada de janelas de alumínio. De acordo com Duani, a ideia é remover aberturas e qualquer estrutura que possa voar em caso de um temporal.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif