DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Tishman Speyer capta R$ 120 milhões em fundo imobiliário

Fonte: Valor Econômico



A Tishman Speyer, gigante mundial do segmento de incorporação, desenvolvimento e gestão de imóveis de alto padrão, levantou R$ 120 milhões por meio de um fundo de investimento imobiliário de renda corporativa no Brasil. É a primeira operação como gestora de recursos local.


A oferta, que recebeu registro da CVM ontem, foi direcionada a investidores profissionais, entre institucionais, fundos de fundos e gestoras de fortunas. Os recursos vão ser usados para aquisição de um edifício de 19,5 mil metros quadrados em áreas privativa e comuns (Boma, métrica da Building Owners and Managers Association), entrega recente da própria Tishman Speyer. A torre integra o complexo Castelo Branco Office Park e foi construída para abrigar a sede da DuPont no Brasil.


O contrato, no modelo “built to suit” (construção sob medida), tem prazo de 15 anos e o retorno em dividendos estimado é entre 9,5% e 10% ao ano. O fundo larga listado na B3, mas como a oferta foi feita sob a regra da CVM de esforços restritos, com a distribuição limitada a 50 investidores, a negociação das cotas começa em 90 dias.


Num 2021 ainda marcado por políticas de isolamento social por causa da pandemia, essa é uma das raras emissões com lastro em imóveis corporativos. O plano da gestora é adicionar outros ativos à carteira, recorrendo a captações adicionais à medida que identifique as oportunidades, afirma Daniel Cherman, presidente da Tishman Speyer no Brasil.


Receba nossa newsletter

 Instagram feed

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

YouTube SiiLA Brasil: