Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Uber muda de sede e São Paulo pode perder milhões em impostos

Valor Econômico



A cidade de São Paulo pode perder mais de 80 milhões ao ano com a mudança da sede da Uber para Osasco, na região metropolitana.


Segundo dados fornecidos pela empresa à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos, na Câmara Municipal, nesta terça-feira (30), a empresa pagou R$ 584 milhões entre 2014 e 2020 de ISS (Imposto Sobre Serviços).


A informação foi dada pelo diretor de relações governamentais da Uber, Ricardo Leite Ribeiro, durante a CPI, que apura possível evasão fiscal de aplicativos que atuam na cidade de São Paulo.


O diretor da empresa depôs com uma liminar que permitia que permanecesse em silêncio. No entanto, ele não fez uso desse direito durante a comissão.


Com 556 mil motoristas cadastrados na cidade, a empresa mudou sua sede para Osasco e passou a pagar ISS naquela cidade. No último mês, 155 mil motoristas fizeram pelo menos uma viagem em outubro, segundo a empresa. Além disso, a Uber Eats tem 22 mil entregadores ativos.


Em Osasco, a alíquota de ISS é de 2%, contra 5% que era pago pela empresa em São Paulo.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif