Receba nossa newsletter

 Instagram feed

USP planeja investir R$ 2 bi, retomar obras e contratar 876 docentes

Maioria das obras deve ser entregues até o fim de 2024.


Estadão



Oito anos após mergulhar em grave crise financeira, a Universidade de São Paulo (USP) vê alívio nas contas e planeja investir R$ 2 bilhões nos próximos anos em projetos como a retomada de obras paralisadas do Parque dos Museus, a construção de um distrito tecnológico no câmpus do Butantã e a adoção de tecnologias sustentáveis.

A USP também prevê erguer o Distrito Tecnológico do Jaguaré, em um terreno de 40 mil metros quadrados, onde fica a Agência USP de inovação (Auspin), na Avenida Escola Politécnica. O projeto, ainda em fase de elaboração, é inspirado em modelos já adotados em Barcelona e Nova York.


A ideia é atrair para o distrito grandes e pequenas empresas, como startups, restaurantes, espaços culturais e de convivência. Para sair do papel, além de R$ 100 milhões desembolsados pela USP, será preciso firmar parcerias com a iniciativa privada e com o governo estadual.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif