DADOS E ANÁLISES DO MERCADO IMOBILIÁRIO COMERCIAL

As últimas notícias de escritórios, imóveis industriais e shopping centers

Vacância de escritórios cresce em São Paulo no 3º trimestre


A pandemia de covid-19 afetou o mercado paulistano de escritórios comerciais de alto padrão no terceiro trimestre. Mais áreas foram devolvidas pelas inquilinas aos proprietários do que contratadas no período, seja por causa do sistema de “home office”, adotado em função da quarentena, ou da crise econômica, que tem resultado em demissões e menos necessidade de espaço.


Com as devoluções e o elevado volume do novo estoque recebido pelo maior mercado imobiliário do país, a taxa de vacância, ou seja, o aumento do percentual de áreas vagas em relação ao total, cresceu. A SiiLA Brasil, ouvida pelo Valor, informou que, de julho a setembro, as devoluções superaram as contratações.


Para o presidente da SiiLA, Giancarlo Nicastro, o setor financeiro é o mais propenso a devolver escritórios por ter sido um dos maiores contratantes de áreas, nos últimos anos, e o que melhor se adaptou ao trabalho remoto na quarentena. No trimestre, a absorção líquida ficou negativa em 30 mil metros quadrados, indicador que chega a 69,6 mil metros quadrados negativos se incluídos prédios de padrão B.


Nicastro avalia que o ritmo de devolução de áreas tende a ser mantido. “A economia não está reagindo. Com o desemprego elevado, é muito difícil acreditar que a ocupação vai voltar a crescer. As empresas querem reduzir custos fixos”, diz o presidente da SiiLA.


ENTRE EM CONTATO

SOBRE SiiLA

+55 (11) 3046-9595

Rua Gomes de Carvalho,
1629, cj. 111, Vila Olímpia
São Paulo/SP
CEP: 04547-006

PRODUTOS

SiiLA LATAM

REDES SOCIAIS:

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Instagram

2020 REIX Corp. Todos os direitos reservados