Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Varejista chinesa Shein é sucesso no Brasil mesmo sem propaganda na TV



Estadão

O aplicativo da fashiontech Shein foi o mais baixado no ano passado no setor de moda, com 23,8 milhões de downloads no Brasil. Para se ter ideia, foram três vezes mais downloads que seu concorrente mais próximo, a Lojas Renner, conforme dados da Google Play Store no Brasil.


Com a popularidade, a varejista chinesa deve bater os R$ 2 bilhões em vendas este ano no Brasil, segundo estima o BTG Pactual. E para fincar ainda mais os pés por aqui, está montando estrutura própria.


Mesmo sem propaganda na TV – como fazem regularmente C&A, Riachuelo e Marisa – a Shein (pronuncia-se She-in) é um sucesso de vendas, principalmente entre as adolescentes, no mundo todo. No Brasil, a Shein está há quatro anos, com um aplicativo em português.


No seu site ou no seu aplicativo, há milhares de peças de roupa, para qualquer estilo ou tipo de corpo (os tamanhos vão do menor possível ao GGGG), por preços que são, geralmente, um terço do que o mercado nacional cobra.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif