Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Vendas de Natal sobem 10%, mas lojistas de shoppings não superam perdas da pandemia

Folha de S.Paulo



As vendas do Natal deste ano nos shoppings tiveram crescimento real —já descontado efeito da inflação no período— de 10% na comparação com a temporada de compras do ano passado. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (27) pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings).


O bom desempenho, no entanto, não foi suficiente para levar o varejo desse segmento ao patamar de 2019. No balanço anual, os centros comerciais projetam encerrar 2021 com R$ 204 bilhões em vendas. A cifra representa um crescimento de 58% em relação a 2020. Na comparação com o resultado de 2019, porém, houve queda de 3,5%.


Segundo a associação, os 15 mil pontos de vendas representados pela entidade em todo o Brasil receberam 123,7 milhões de consumidores nas semanas que antecederam o Natal. O volume de visitas é atribuído ao avanço da vacinação contra a Covid-19.


Além de dar mais segurança aos clientes, a imunização permitiu o fim de restrições nos horários de funcionamento de lojas. Em 2020, muitos estados, como foi o caso de São Paulo, ainda adotavam regras para evitar aglomerações, o que reduziu a circulação de clientes nos centros de compras.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif