Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Volkswagen amplia proposta já abrangente para trabalhar em casa

Valor Econômico



A Volkswagen AG está ampliando a flexibilidade do trabalho em casa, com os funcionários podendo escolher quais quatro ou cinco dias por mês desejam passar no escritório. Desde 2016, os trabalhadores da gigante automotiva alemã têm aproveitado alguns dos arranjos de trabalho remoto mais flexíveis, permitindo que as pessoas façam seus trabalhos fora do escritório por até quatro dias por semana. Uma vez que as restrições à pandemia forem suspensas, os funcionários podem pedir para agrupar os dias restantes em blocos, disse a VW.

“O futuro do trabalho na Volkswagen será híbrido,” disse Gunnar Kilian, membro do conselho encarregado dos funcionários, em comunicado. “A extensão cria um equilíbrio entre o ‘trabalho móvel’ e a interação essencial entre os colegas no escritório à medida que avançamos na transformação da indústria.

”A Volkswagen emprega cerca de 100 mil pessoas na Alemanha. Cerca de metade desses trabalhadores tem se conectado de casa desde que as medidas para conter a disseminação do novo coronavírus foram introduzidas. A empresa amenizou algumas das restrições em meados de setembro, tornando o retorno ao escritório uma opção.


As novas regras foram acordadas entre a empresa e os poderosos representantes dos trabalhadores da VW. Apenas funcionários cujos trabalhos podem ser satisfatoriamente realizados remotamente podem trabalhar em casa, disse a VW. A empresa administra a maior fábrica de automóveis do mundo em sua sede em Wolfsburg, que produz veículos como o Golf e o Tiguan.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube