Receba nossa newsletter

 Instagram feed

Volta do presencial impulsiona serviços e sinaliza PIB maior

Comparando com o mesmo mês de 2021 setor surpreende em maio e sobre 9,2%, aponta IBGE


Valor Econômico




Setor que mais demorou para responder à reabertura da economia, os serviços voltaram a surpreender positivamente em maio.


Impulsionados pela demanda represada dos serviços presenciais, por estímulos do governo e com destaque para a retomada dos transportes, o segmento pode, inclusive, sinalizar para um PIB mais alto do ano do que atualmente esperam alguns analistas.


No acumulado de 2022, o setor exibe alta de 9,4%. Já em relação ao nível pré-pandemia, a alta é de 8,4%. Já a receita nominal subiu 1,6% na passagem entre abril e maio e 18,8% comparado a maio do ano passado.

  • LinkedIn
  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
INSCRIÇÕES ABERTAS.gif